Hotéis em Havana

Hotéis em Havana

Férias em Havana ao som de mambos e guarachas

Um percurso pela cidade mais vibrante das Caraíbas

A capital cubana reservou sempre algo especial para todos os que a visitam. Apesar de termos visto, lido, ouvido ou provado qualquer aspeto da sua cultura e tradição, existe apenas uma forma justa de definirmos esta cidade: vivendo-a.

Hotéis em Havana

Hotel em Havana, férias inesquecíveis
Férias a dois em Havana

Pormenores de
Havana

A capital de Cuba não é apenas a cidade mais importante do país desde o ponto de vista administrativo e económico. Apesar de ser a menor de todas as províncias, os seus mais de dois milhões de habitantes transformam-na na província mais povoada da ilha e do conjunto das Antilhas maiores, bem como no epicentro da vida artística e cultural do país. Uma cidade amável e segura, multifacetada e nalgumas ocasiões controversa, mas com a capacidade de se reinventar em relação a qualquer adversidade.

O que fazer em Havana


Passear pelas ruas de Havana Velha

A zona mais antiga da capital cubana conserva o traço original da época colonial. Inicialmente concebida como um recinto militar defensivo, hoje em dia apenas restam algumas partes da muralha que a protegia, que começou a ser demolida em 1863. Nos seus 5 km2 de superfície misturam vários géneros de estilos arquitetónicos de influência espanhola, francesa, britânica e americana, que elevaram o local à categoria de Património da Humanidade pela UNESCO.

Um percurso pelas suas quatro praças coloniais

Ao contrário do que acontece normalmente nas cidades coloniais, em Havana a vida quotidiana não se articulou em torno de um único ponto, tendo sido construída em redor de quatro praças, cada uma delas com uma função determinada. A La Plaza de Armas (militar), popular pelos seus vendedores de livros; a Praça de San Francisco de Asís (comercial), sob a vigilância do icónico Caballero de Paris; a Praça Velha (social), um bom local para beber alguma coisa mergulhado nas rotinas da cidade e a Praça da Catedral (religiosa), epítome do folclore e da arquitetura do país.

Assistir à cerimónia do ‘El cañonazo ’

Todos os dias às 21.00 horas, um grupo de atores vestidos com uniformes militares da época de Carlos III de Espanha representa na Fortaleza de San Carlos de la Cabaña a tradição mais antiga de Havana: “el cañonazo”. A cerimónia remonta ao século XVII e é anterior à própria construção da fortaleza. Com este único canhão, anunciava-se ao anoitecer o encerramento das muralhas para proteger a cidade de corsários e piratas. Este momento é uma boa desculpa para obter maravilhosas vistas noturnas de Havana a partir do miradouro do Parque Histórico Militar Morro-Cabaña.

Outros destinos Be Live em Cuba

Subscreva gratuitamente a newsletter da Be Live Hotels

e receba notíticas e promoções!

O endereço de correio eletrônico não tem um formato correto.

Você já se inscreveu na newsletter!

Email

Li e aceito a politica de marketing da Be Live Hotels.

Muito obrigado. Estamos quase terminando

Para finalizar o processo de inscrição, por favor, clique no link no email que acabamos de enviar.

Descubra mais acerca do nosso grupo